7 dicas incríveis para fazer o uso correto de medicamentos

7dicasincriveisparafazerousocorretodemedicamentos

O uso correto de medicamentos prescritos pelo médico é essencial e deve ser seguido com rigor. Vários problemas podem acontecer caso a ingestão seja feita em horários diferentes ou de modo descontínuo.

A maioria dos casos de uso inadequado ocorre pelo esquecimento, cujo principal fator é a falta de rotina. Lembrar dessa tarefa cotidiana, tão importante para a saúde do paciente, pode ser algo árduo, mas existem algumas estratégias que podem ser adotadas para evitar o esquecimento dos remédios.

Pensando nisso, mostraremos neste post a importância de seguir corretamente os horários para todas as medicações e, posteriormente, serão apresentadas 7 dicas de como tornar isso um hábito. Acompanhe!

Por que o uso correto de medicamentos é importante?

Durante o tratamento de uma doença, pode ocorrer do paciente ter que tomar vários medicamentos em casa, com a finalidade de diminuir os efeitos colaterais e gerar o resultado esperado do tratamento. Para garantir o máximo benefício dos remédios prescritos, é necessário seguir as instruções exatamente como foram repassadas pelo médico.

Quando o médico prescreve uma medicação específica, é porque ele entende e sabe que vai tratar do problema de forma efetiva. Contudo, ela será mais eficaz, se os horários para sua administração forem seguidos com atenção.

Esquecer a hora de tomar os remédios ou atrasar o momento de tomá-los pode atrapalhar o tratamento de modo geral. Sem fazer o que foi indicado pelo médico, o tratamento pode não ter os resultados esperados ou até mesmo agravar o problema de saúde.

Muitos pacientes acham que ter um horário fixo para tomar o remédio é apenas um mito,. Entretanto, está mais do que comprovado que ter um horário determinando para ingerir o medicamento aumenta a sua eficácia em grande escala. Isso ocorre pelo fato da capacidade do organismo de se adequar às alterações que acontecem em nosso corpo devido a esse hábito.

Isso quer dizer que o relógio biológico funciona conforme as mudanças que são impostas ao corpo humano. No caso da administração de medicações, ele se adapta a essas circunstâncias se preparando para gerar os efeitos previstos pelos profissionais de saúde.

Como fazer o uso correto de medicamentos?

Para ter uma rotina adequada e tomar os medicamentos nos horários estabelecidos, separamos algumas dicas incríveis para você!

1. Escolha o melhor horário para tomar o remédio

Alguns medicamentos precisam ser tomados em horários bem estabelecidos — de 4 em 4 horas, 8 em 8 horas ou 12 em 12 horas, como os antibióticos, por exemplo. Já outros, devem ser ingeridos somente de manhã ou à noite, como é o caso dos utilizados para diminuir a pressão arterial. Também existem aqueles que o uso deve ser feito antes ou depois das refeições, com o objetivo de evitar dores no estômago — os anti-inflamatórios são exemplo disso.

A definição de um horário específico colabora para a elaboração de uma rotina, fazendo com que, no momento certo, o paciente se lembre que aquela é a hora de tomar o medicamento.

2. Use o celular para fazer lembretes

É possível também usar a tecnologia como aliada para lembrar da medicação. Os despertadores funcionam de forma simples e podem ser ainda mais úteis quando acompanhados por uma mensagem. Grande parte dos modelos de celulares possuem um alarme que pode ser configurado para tocar todos os dias no mesmo horário, ajudando a lembrar que aquele é o momento de tomar determinado remédio.

Nas situações em que o aparelho não tenha essa função, é possível utilizar um relógio digital ou despertador e ajustar o alarme para tocar na hora desejada.

Os avisos sonoros, sem dúvidas, são muito importantes quando se busca por mecanismos que sirvam como lembretes. Atenção! Após ouvir o toque, é preciso tomar o medicamento imediatamente, afinal, se deixar passar alguns minutos, as chances de esquecer de tomá-lo aumentam.

3. Utilize notas adesivas como lembrete visual

Caso prefira um lembrete visual, mas não é muito adepto ao uso de calendários, é possível usar os notas adesivas, também chamadas de post-its. Coloque-os próximos de objetos e locais em que você obrigatoriamente vai interagir no dia a dia. Essa é uma boa ideia para quem deseja praticar ações para evitar o esquecimento e, ao mesmo tempo, criar uma rotina.

Uma sugestão é escreve no post-it algo como: “tomar tal comprimido tal horas” e fixar na televisão, geladeira, espelho do banheiro ou outro local que seja visível para você.

4. Faça uso de um porta-comprimidos para organizar medicamentos

Existem disponíveis no mercado algumas caixinhas que possuem divisões conforme os dias da semana ou momento do dia (manhã, almoço, jantar e ao deitar), que facilitam a organização dos comprimidos ou pílulas. No caso de utilização de um porta-comprimidos de organização semanal, no começo de cada semana é preciso separar os medicamentos por divisão, para que já fiquem organizados para cada um dos dias. Agora, ao usar para momentos do dia, o ideal é realizar essa divisão na noite anterior ao próximo dia.

5. Deixe remédios em vários locais

Uma outra estratégia para garantir o uso correto de medicamentos é deixá-los em diversos locais visíveis para recordar que é preciso tomá-lo. Um bom exemplo, é ter o remédio no local de trabalho, no carro e/ou na bolsa para dificultar o esquecimento de ingeri-lo.

6. Peça outra pessoa para lembrar de tomar a medicação

Você pode pedir para um membro da família, amigo ou outra pessoa próxima para lembrá-lo de tomar os remédios. Além disso, caso fique confuso, pode também perguntar se o medicamento já foi tomado. Uma boa dica é sempre mandar uma mensagem para alguém pelas redes sociais identificando que tomou — caso a dúvida permaneça, basta buscar no histórico da conversa.

7. Conte com aplicativos específicos

Existem aplicativos especializados, que podem ser utilizados tanto pelo paciente quanto pelo seu acompanhante, cuja função é sempre alertar o usuário no momento exato de tomar a medicação. Uma ótima alternativa é o uso da plataforma wecancer. Ela conta com ferramentas que possibilitam tanto que a equipe médica consiga metrificar o índice de adesão do paciente ao tratamento (OncoMD), quanto o controle e o acompanhamento remoto do paciente em casa (app wecancer).

Atualmente, a tecnologia possui um papel relevante em relação ao auxílio no uso correto de medicamentos, por meio de ferramentas como a wecancer. Além disso, por meio das dicas que apresentamos você poderá implementar aquelas que mais se adéquam à sua rotina e garantem um tratamento organizado, eficiente e que trará os resultados esperados.

Quer conhecer nosso aplicativo e entender como ele contribui na garantia da ingestão dos medicamentos na hora certa? Então, entre em contato com a gente agora mesmo!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email