Como cuidar de um paciente com câncer de pulmão?

Hero-Lung-Cancer

Todos os diagnósticos de câncer afetam bastante não só o paciente, mas também todos os envolvidos, como familiares, amigos, entre outros. O câncer de pulmão é um tumor que atua no ciclo celular natural dos pulmões, levando ao crescimento desorganizado de células malignas. Devido ao tratamento e todos os efeitos que ele pode gerar, saber como cuidar de um paciente com câncer de pulmão é essencial.

A identificação precoce da doença faz toda diferença no sucesso do tratamento, pois quanto mais demora, menores são as chances de sobrevivência. Por isso, os cuidados prestados pelos acompanhantes nesse momento são importantes para proporcionar melhor qualidade de vida e bem-estar ao paciente.

Elaboramos este post para mostrar como o tratamento pode ser feito e apresentar dicas de como realizar os cuidados necessários. Acompanhe!

Quais são as principais complicações provocadas pelo câncer de pulmão?

As principais complicações ocorrem considerando o local da lesão, tamanho e substâncias produzidas pela doença e levadas para a corrente sanguínea. O seu desenvolvimento pode atingir por invasão, obstrução ou compressão de estruturas das vias respiratórias e os sintomas podem surgir por causa de elementos expelidos pelo turno ou das regiões das metástases.

Caso a doença avance pelo pulmão, pode aparecer líquido na cavidade pleural, tomando conta de todo o órgão, gerando uma insuficiência respiratória. Se direcionar para o coração, pode reduzir sua funcionalidade, agora, caso afete o fígado, pode cauda insuficiência hepática.

Além disso, o tumor pode atingir o sistema nervoso central ou a coluna, podendo provocar lesões, deficiência de movimentou ou até mesmo paralisia.

Como é feito o tratamento de câncer de pulmão?

O tratamento pode ser feito de várias maneiras, como cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, que podem ser usados sozinhos ou combinados. Isso vai depender do tipo de câncer, que pode ser:

  • câncer de células não-pequenas: nesse caso, o tratamento preferencial é a cirurgia, no entanto, em muitos casos ela não é permitida devido a extensão ou localidade do tumor, que pode estar, por exemplo, perto do coração;
  • câncer de pequenas células: a quimioterapia é o tratamento mais indicado nesse caso, podendo ser seguido de radioterapia ou não. Geralmente, não se recomenda o tratamento cirúrgico desse tipo de câncer.

Cirurgias para tratamento de câncer de pulmão

As cirurgias para esse tipo de tratamento podem ser:

  • segmentectomia: retirada de uma pequena parte do pulmão, indicada para pacientes com tumores pequenos e que não aguentam cirurgias mais complexas por apresentar restrições de condições clínicas ou respiratória e de idade;
  • lobectomia: retirada de uma parte inteira ou um lobo do pulmão;
  • pneumectomia: retira do pulmão em sua totalidade, sendo impossível para a maioria das pessoas, pois geraria uma qualidade de vida ruim.

Radioterapia

Usa a radiação para destruir as células cancerígenas. Pode ser utilizada antes ou depois da cirurgia. É importante deixar claro que pode gerar vários efeitos colaterais, por exemplo, pneumonite actínica.

Quimioterapia

Busca destruir as células cancerígenas e diminuir o desenvolvimento do tumor por meio do uso de medicações. Entre seus efeitos colaterais estão: queda de cabelo, náuseas, vômitos, perda de apetite, entre outros.

Quais são os objetivos dos cuidados paliativos ao paciente?

Dentre as principais finalidades dos cuidados paliativos ao paciente com câncer estão:

  • aliviar o sofrimento físico e proporcionar maior bem-estar;
  • oferecer apoio psicológico, espiritual e social;
  • encorajar o paciente;
  • demais cuidados básicos importantes para que ele se sinta o mais confortável possível.

Como realizar esses cuidados?

A seguir, veja algumas práticas importantes que devem ser adotadas pelo acompanhante, a fim de auxiliar o paciente nesse processo tão difícil:

Esclareça as principais dúvidas com o médico

Monte uma lista com as maiores dúvidas que você tem sobre a doença e converse com o médico responsável pelo tratamento. Isso vai contribuir para que possa ter informações e compreender melhor como funciona a doença e com uma pessoa com esse tipo de diagnóstico se sente.

Confira se os medicamentos estão sendo tomados na hora certa

Averiguar se os medicamentos estão sendo tomados corretamente todos os dias é essencial, tendo em vista que em meio a tantos problemas, o paciente com câncer de pulmão pode ficar cansado, distraído ou sobrecarregado, esquecendo de tomá-los. O aplicativo Wecancer possui essa funcionalidade gratuita.

Ofereça suporte emocional

Lidar com o câncer é muito difícil, deprimente e estressante. Dessa forma, esteja sempre disponível para que a pessoa possa expressar o que está sentindo e perceber que pode contar com você para tudo.

Mostre que ele não precisa passar por todo o processo sozinho, e que os familiares e amigos estão com ele e querem ajudar, mas que para isso, ele precisa falar e ouvir o que os outros têm a dizer.

Além disso, o Jean, nosso enfermeiro especializado em Oncologia, pode ajudar no suporte digital, que também é feito no nosso aplicativo gratuito para pacientes com câncer.

Ajude nas mudanças de hábitos

Caso o paciente fume, largar o cigarro deve ser o primeiro passo a ser feito, considerando que o tabagismo tem relação com a maioria dos casos de câncer.

Doenças complexas como o tumor no pulmão, exigem o atendimento de uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, cirurgiões-dentistas, fisioterapeutas, entre outros. Dessa forma seguir corretamente suas orientações é primordial para o êxito do tratamento.

Além disso, manter uma alimentação equilibrada, ingerir a quantidade apropriada de água e praticar exercícios físicos de baixa intensidade, de acordo com recomendação médica, são fundamentais. Por serem diversas alterações a serem implementadas no dia a dia de uma pessoa com câncer de pulmão, sua ajuda pode ser essencial para tornar esse processo mais simples.

Dê apoio espiritual

A depressão, ansiedade, medo, inconformismo e outros sentimentos podem fazer parte deste momento tão difícil. Por isso, ajude o paciente a entender o significado de seus sofrimentos e da vida, para que assim, ele possa manter a esperança e encontrar a aceitação por estar passando por essa fase. O objetivo é refletir sobre “Para quê?” esse momento aconteceu na sua vida.

Nesse caso, a fé pode oferecer confiança, motivação e vontade de viver, que é importante para que ele possa responder ao tratamento da melhor forma possível.

Agora você já sabe quais são as principais dificuldades e como cuidar de um paciente com câncer de pulmão. Lembre-se sempre que o mais importante é fazer com que ele se sinta melhor e tenha a motivação necessária para cumprir todas as orientações médicas e passar pelo tratamento com qualidade de vida. O cuidado oferecido por você pode fazer toda a diferença nesse momento.

Quer tornar esse processo mais fácil? Então, baixe agora mesmo o aplicativo wecancer e aproveite de todas as funcionalidades gratuitas que ele pode oferecer nessa jornada tão difícil!

Wecancer, carinho e cuidado a um clique!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email