Reconstrução Mamária: o guia que você precisa para se informar!

Texto escrito por Isabel Costa

Você sabia que a cirurgia de reconstrução mamária é um direito do paciente que retirou as mamas?

A legislação brasileira estabelece que, independente de ter realizado a retirada de uma mama apenas, o paciente tem o direito de realizar a cirurgia de simetrização nas duas mamas!

Preparamos esse guia rápido com perguntas e respostas para você se informar & compartilhar com outros pacientes.

O que é Reconstrução Mamária? 

É uma cirurgia plástica reparadora, em decorrência da retirada (mastectomia) total ou parcial das mamas após o câncer de mama. 

Normalmente, as pessoas que passam pela mastectomia têm indicação para a reconstrução mamária.

Quem oferece a cirurgia de Reconstrução Mamária? 

Tanto o SUS, quanto as Operadoras de Saúde devem realizar a cirurgia.

Quando existirem condições técnicas, a reconstrução será efetuada na mesma cirurgia em que for realizada a mastectomia. (Lei 13.770/18) 

No caso de impossibilidade de reconstrução imediata, o paciente deve ser encaminhado para acompanhamento e terá garantida a realização da cirurgia após alcançar as condições clínicas requeridas.  (Lei 12.802/13) 

*Importante: Cada caso deve ser analisado individualmente junto à equipe de saúde que cuida do paciente.

Sou paciente. Como posso solicitar a minha cirurgia de Reconstrução Mamária? 

Para o SUS: o paciente deve fazer o pedido no hospital em que faz tratamento. Caso não esteja mais em tratamento e/ou acompanhamento, o paciente deve dirigir-se à UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima  e solicitar o encaminhamento para o médico especializado em cirurgia plástica – cada caso é avaliado.

Para Operadoras de Saúde: O paciente deverá procurar um médico cirurgião plástico que esteja credenciado à sua Operadora de Saúde para realizar a reconstrução, normalmente, o médico que realizou a retirada das mamas, pode indicar um profissional de confiança.

Você já conhecia essas informações?

Para nós, #PacienteInformado é paciente empoderado. A sua jornada também é a nossa!